- 00:00:00

Mais de 90 máquinas para Programa Ceilândia Limpa

Campanha, que dará prosseguimento às melhorias já efetuadas na cidade, envolve 94 equipamentos destinados a operações pesadas

O pontapé inicial para o programa Ceilândia Limpa foi dado, na manhã desta segunda-feira (6), durante solenidade realizada ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, pelo governador em exercício, Paco Britto. A ação tem apoio do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), da Secretaria de Saúde (SES) e da Defesa Civil.
Foto: Agência Brasília

Promovida pela administração regional da maior cidade do Distrito Federal, a campanha contará com 94 equipamentos pesados, entre motoniveladores, retroescavadeiras, pá carregadeiras, caminhões, além de cem homens que atuarão na mão de obra. A ação do mutirão de limpeza se estenderá até o dia 30 deste mês.

Qualidade de vida
A proposta da campanha, que deverá se estender às escolas e ao comércio em geral, é melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos moradores. Trata-se de uma ação do governo com a participação de toda a sociedade. “Vamos promover uma grande limpeza em vários espaços que hoje são ocupados por lixo e entulho, mas o desafio é manter esses locais limpos”, informou Paco, convidando comerciantes, estudantes e moradores para participarem ativamente da ação.

“Se flagrar alguém jogando lixo em lugar impróprio, denuncie, chame a polícia ou ligue para a administração”, orientou o governador em exercício. “Limpeza também é uma questão de saúde pública”, reforçou o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí.

O presidente do SLU, Félix Palazzo, também lembrou que a limpeza de qualidade está intrinsecamente ligada à saúde e que, para um resultado positivo, é preciso manter a cidade limpa com a necessária coleta seletiva do lixo.

Durante o evento, a secretária-adjunta de Saúde, Lucilene Florêncio, anunciou o lançamento de flyers ilustrativos – cada região ganhou uma cor – com informações sobre os principais sintomas da dengue, além de endereços e telefones de UPAs, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e hospitais das sete regiões de saúde no DF, com o intuito de vencer a epidemia dessa doença. Entre as ações previstas, uma nova UPA será inaugurada em Ceilândia, ainda neste ano.

Obras e investimentos
Na oportunidade, o governador em exercício também falou sobre várias obras de infraestrutura realizadas pelo GDF na região. Citou um total de dez obras em andamento respaldadas em recursos de R$ 220 milhões.

No caso da coleta de resíduos para o projeto Papa-Entulho, serão investidos mais de R$ 600 mil, até o fim deste ano. Na recuperação de calçadas e roçagem, o valor das obras em andamento é de R$ 9 milhões, informou Paco, que falou ainda sobre os projetos em elaboração de 15 creches e um hospital, perfazendo um total de R$ 20 milhões.

Também voltou a destacar o fato de que este é o primeiro governo a entregar unidades habitacionais no primeiro ano de gestão. Pronto para licitar, há o projeto de um empreendimento no valor de R$ 102 milhões que contemplará esse segmento. Outros projetos licitados em fase de contratação abrangem ciclovias, rede elétrica, moradia e educação.

Outra obra destacada por Paco foi a reforma total da Feira Central de Ceilândia. O projeto está sendo elaborado, e a meta é transformar o local em atração turística, abrangendo um grande centro gastronômico e de compras.

Sol Nascente
As obras de infraestrutura dos ex-bairros de Ceilândia– Sol Nascente e Pôr do Sol, transformados em região administrativa autônoma pelo governo Ibaneis – também foram citadas por Paco Britto. “Ainda falta um bocado, mas já concluímos o Trecho 1, temos o T2 com 90 por cento das obras concluídas e o Trecho 3 já tem 70 por cento das obras de drenagem prontas e 12 por cento das ruas asfaltadas”, enumerou. “É uma obra que vamos concluir este ano, assim que concluirmos a nova licitação”.

O governador Ibaneis Rocha também já autorizou a reforma da 19ª Delegacia de Polícia, a construção do novo quartel de Ceilândia, de um Centro de Educação Primária e da ciclovia da DF-459, que faz a ligação com Samambaia.

Também participaram do lançamento do programa Ceilândia Limpa os secretários de Cidades, Fernando Leite; Obras, Luciano Oliveira; Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Dilson Resende, e de Turismo, Vanessa Mendonça (Turismo), além do diretor-presidente da Novacap, Cândido Teles; o presidente da Coodhab, Wellington Luiz; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do DF, coronel Lisandro Paixão; os deputados distritais Chico Vigilante e Reginaldo Veras; administradores regionais; funcionários envolvidos na campanha Ceilândia Limpa e lideranças comunitárias.