- 00:00:00

20% das vagas de estágio do GDF serão destinadas para estudantes negros

Em publicação feita hoje (24) no Diário Oficial, destina 20% das vagas de estágio para estudantes negros. O texto informa que as cotas valem para os processos seletivos com três ou mais vagas e deve ser observado o edital de seleção.

“A diferença de oportunidades entre negros e não negros ainda é grande na sociedade. Com mais esse passo, esperamos contribuir para a qualificação e ingresso no mercado de trabalho dos nossos jovens negros, que enfrentam mais dificuldades que os demais estudantes no início da vida profissional”, disse secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

O DF a primeira unidade da Federação a implantar essa política nos processos de seleção para estágios. A medida é semelhante à adotada pelos órgãos públicos federais em 2018, após a articulação do então ministro de Direitos Humanos, Gustavo Rocha, que foi secretário da Sejus, entre janeiro de 2019 e março de 2020.

Poderão concorrer às vagas de estágio reservadas para negros os estudantes que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição, conforme o quesito cor ou raça utilizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Informações da Sejus DF