- 00:00:00

Em velório Bolsonaro diz que, “a missão das Forças Armadas, é defender a pátria e defender a democracia”.

No domingo (21), o presidente Jair Bolsonaro esteve no velório de um soldado do exército Pedro Lucas Ferreira Chaves que morreu no sábado (20). O presidente fez um discurso em homenagem a Pedro Lucas e disse que, “a missão das Forças Armadas, é defender a pátria e defender a democracia”.



O militar morreu em um treinamento no Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro. A imprensa não pode acompanhar a cerimônia. Bolsonaro integrou a Brigada de Infantaria Paraquedista em sua carreira no Exército.

Segundo o Comando Militar do Leste (CML), durante treinamento ontem o soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves ficou preso à aeronave e, "após os procedimentos de emergência, a abertura do paraquedas do militar não ocorreu adequadamente". Ele sofreu ferimentos graves na queda, recebeu os primeiros socorros da equipe médica no local e foi conduzido ao Hospital Geral do Rio de Janeiro (HGeRJ), na Vila Militar, onde morreu.

Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar o caso. O CML lamentou a morte e informou que está dando suporte à família.