- 00:00:00

UPA de Sobradinho é excelência no tratamento da Covid-19

Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) vem desempenhando um excelente trabalho, desde 14 de agosto na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho, quando 20 novos leitos de UTI completos com respiradores e suporte de hemodiálise para pacientes com covid-19 foram entregues. A melhoria é resultado de um investimento de R$ 17.928 milhões.

As vagas para os novos leitos são monitoradas pela Secretaria de Saúde do DF, que usa o perfil clínico dos pacientes como critério.

De acordo com a superintendente Pré-Hospitalar do IGESDF, Nadja Carvalho, as UPAs já disponibilizaram 82 leitos. “São 42 na UPA do Núcleo Bandeirante, 10 na Ceilândia, 10 em São Sebastião e mais 20 em sobradinho”, contabilizou.



“Os leitos estão sendo ativados de acordo com a projeção do número de casos. Esses 20 leitos potencializam nossas ações em reposta às necessidades da sociedade. É importante ressaltar que eles têm suporte dialítico para pacientes que evoluem para o quadro de insuficiência renal, dando todo o suporte necessário e garantindo o restabelecimento da saúde”, disse.

“Esses leitos chegaram para dar apoio aos pacientes vítimas da covid-19. É uma estrutura excelente, que dá uma maior segurança para a Secretaria de Saúde do DF dar o apoio à população no combate à pandemia da covid-19”, reforçou o secretário adjunto de Saúde do DF, Olavo Muller.

Suporte
Os leitos de UTI ativados contam com ventiladores pulmonares, equipamentos de hemodiálise, pontos de gases medicinais, monitores multipârametros, bombas de infusão, cardioversores, entre outros aparelhos.

A UPA continua atendendo pacientes que busquem outros tipos de atendimento. Por isso, as alas que recebem esses pacientes foram isoladas e contam com sala de paramentação e desparamentação, evitando a contaminação em outros setores. Antes, já tinham sido erguidas tendas na área externa para atender pacientes com suspeita e casos confirmados da covid-19 nas UPAs.

Diferencial
Os pacientes dos leitos de UTI da UPA de Sobradinho ganham um lugar especial para colocar fotos de parentes e familiares. O projeto Memória da Vitória tem como objetivo humanizar o atendimento. Basta que os familiares levem a foto, que será digitalizada, impressa e colocada num suporte de acrílico colado acima de cada leito. Quando receber alta, o paciente receberá um porta-retrato com a frase “Venci a covid-19”, onde poderá colocar a foto e levar para casa.